orgia em riachao das neves

Terminou a meia noite do último dia 20, o prazo para que o soldado PM Joilson Lacerda Santana, 47 anos, se apresentasse a polícia de Barreiras, Oeste da Bahia. Ele e a amante continuam foragidos e terão prisões preventivas decretadas pelo delegado de Riachão das Neves, Francisco Marques Fogaça.
O PM participava de um triângulo amoroso em que participavam sua esposa Maria Jesus Borges e a amante Carla de Jesus dos Santos, 35 anos, e cinco menores de idade, todos filhos da amante do PM.

Em entrevista a Rádio Barreiras o Major da Polícia Militar Elpidio, que devido ao período de férias do comandante Tenente Coronel Osival, está respondendo pelo comando do 10º Batalhão de Polícia Militar da Bahia, em Barreiras, disse ao repórter Fernando Pop que o soldado foi considerado desertor pela PMBA. A partir de agora responderá também processo militar.

Faltava poucos meses para o soldado Joilson se aposentar. Depois do carnaval seria promovido com outros 28 policiais a patente de Cabo e se não tivesse se envolvido em pedofilia se aposentaria como sargento.

A polícia continua investigando para tentar descobrir o paradeiro do militar e sua amante Carla Jesus dos Santos, de 35 anos. Informações JNF

Saiba mais
Riachão das Neves: PM e amante acusados de pedofilia estão foragidos e a mulher dele está presa
Riachão das Neves: ‘Nunca vou perdoar’, diz garota violentada por mãe e mais dois